António Rodrigues da Silva Júnior (1868-1937)

Arquiteto do imaginário sintrense. Autor do estudo A Atlântida (Subsídio para a sua reconstituição histórica, geográfica, etnológica e política), publicado em Lisboa na revista “A Arquitetura Portuguesa”, de janeiro de 1930 a maio de 1933.

Autor de inúmeras obras no Estoril e em Cascais para aristocratas e ricos comerciantes que desejavam ter habitação permanente ou de veraneio na zona, tornou-se um dos mais requisitados arquitetos da época.

O projeto de alterações ("apropriações") do Palácio Alverca em Lisboa, futuro Monumental Club ou Magestic, tem a assinatura do arquiteto António Rodrigues da Silva Júnior. Obra notável de qualidade e rapidez ainda para os nossos dias, esta adaptação foi um trabalho gigantesco.

Projetos: